Jesus, nosso Modelo – Parte 2
18 de março de 2018
Há Esperança
24 de março de 2018

MOISÉS, O LIBERTADOR – PARTE 4

 

Princípio Bíblico: “Disse ainda o Senhor: Certamente vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento, por isso desci a fim de livrá-lo da mão dos egípcios e para fazê-lo subir daquela terra a uma terra boa e ampla, terra que mana leite e mel…. Vem, agora, e Eu te enviarei a Faraó para que tires o Meu povo, os filhos de Israel, do Egito.” (Exodo 3:7,8 e 10)

Mensagem: Em alguns momentos, Faraó parecia que ia deixar o povo sair, mas depois voltava atrás em sua palavra. Mas, veja que coisa interessante: mesmo com todas as dificuldades, Moisés e Arão não desistiram da tarefa que o Senhor lhes tinha dado.

Vamos ver o que aconteceu depois da praga de gafanhotos.

Depois de ver que os gafanhotos tinham ido embora, Faraó, novamente, não permitiu que os israelitas saíssem do Egito. A Bíblia diz que o Senhor endureceu o coração de Faraó (Ex 10:20). Mandou então, o Senhor, que Moisés estendesse a mão para o céu e as trevas viriam sobre a terra. Por três dias, a luz sumiu da terra do Egito de tal maneira que não conseguiam enxergar uns ao outros. Porém, nas casas dos filhos de Israel havia luz (Ex 10:23). Imagine só: na casa do seu vizinho está tudo escuro, mas na sua casa tem luz! Assim aconteceu naqueles dias.

Diante disso, Faraó mandou chamar novamente Moisés e lhe fez uma proposta: Que o povo fosse embora, mas deixasse seu gado e seus rebanhos. Moisés não aceitou a proposta e saiu de diante de Faraó (Ex 11:22 a 29).

Então o Senhor disse a Moisés: Ainda mais uma praga trarei sobre Faraó e sobre o Egito, então vos deixará sair daqui. E o avisou da morte dos primogênitos. Você já sabe que o primogênito é o filho mais velho, sobre o qual repousa a bênção, por isso ele é muito importante. O Senhor, então, mandou que tomassem um cordeiro por cada família e o sacrificassem, passando o seu sangue nas portas, e comessem sua carne, assada, com pães sem fermento e ervas amargas, e estivessem prontos pois teriam que partir apressadamente (Ex 11,12).

E assim foi feito. Cada família de Israel preparou o seu cordeiro e passou o sangue em suas portas. E aconteceu que, à meia-noite, feriu o Senhor todos os primogênitos na terra do Egito, desde o primogênito de Faraó até os primogênitos dos animais. Você pode imaginar o desespero que veio sobre todo o Egito naquela noite? Pais chorando ao encontrarem seus filhos mortos, sem saberem o que estava acontecendo.

Faraó mandou chamar Moisés e Arão mandou que saíssem, junto com o povo e tudo o que tinham.

Vamos pensar um pouco em algumas coisas interessantes nessa história:

  1. Deus mesmo endureceu o coração de Faraó para que todos pudessem ver as Suas maravilhas (Ex 11:9) e saber que Ele é o Grande Eu Sou, o Senhor Todo Poderoso;
  2. Faraó, algumas vezes, deu a sua palavra que deixaria os israelitas saírem do Egito, mas voltou atrás. Muitas vezes nós agimos assim, também. Quando dizemos que não vamos mais mentir ou desobedecer e voltamos a fazer a mesma coisa, agimos tão errado quanto ele;
  3. Moisés, mesmo quando Faraó voltava atrás em sua palavra ou lhe dizia que não permitiria que o povo saísse, ainda assim não desistiu da tarefa que o Senhor lhe tinha dado.

Saiu o povo de Deus, então, do Egito, com tudo o que tinham, e até os ossos de José foram levados. O Senhor os guiou, indo adiante deles, durante o dia numa coluna de nuvem e durante a noite, numa coluna de fogo para os iluminar, a fim de que caminhassem de dia e de noite. Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia e nem a coluna de fogo durante a noite.

Isso é que é Deus, não é mesmo? Mostrou ao povo o Seu poder, livrando-os da escravidão e acompanhando-os na caminhada no deserto, em uma coluna de nuvem, que os protegia do sol, durante o dia, e na coluna de fogo, para iluminar e proteger do frio da noite. Se você quiser, Ele pode, hoje mesmo, fazer milagres na sua vida, é só você crer. Quer experimentar?

 

Fonte: Monte Sião

Os comentários estão encerrados.