Crescendo com Jesus – Parte 9
15 de agosto de 2020
Células, Uma Ideia Sobrenatural dos Céus para a Terra
30 de agosto de 2020

AS MARCAS DA MATURIDADE CRISTÃ

 

 

E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que dúvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos. Mas glorie-se o irmão abatido na sua exaltação, E o rico em seu abatimento; porque ele passará como a flor da erva. Porque sai o sol com ardor, e a erva seca, e a sua flor cai, e a formosa aparência do seu aspecto perece; assim se murchará também o rico em seus caminhos.

Tiago 1:5-11

 

Vejamos quais são os frutos produzidos por aqueles que estão num processo de crescimento de maturidade cristã?

 

  1. Uma vida de oração e devoção: a primeira pratica da maturidade cristã é uma pratica da oração e devoção a Deus. O cristão maduro em Cristo deve ter uma vida de oração. A verdadeira oração é o meio de nos tornarmos cada vez mais semelhante a Cristo.

A oração é a comunicação com Deus. Não é falar a Deus, mas é falar com Deus. Isso inclui comunicar a Ele os nossos pensamentos e sentimentos mais profundos.

A oração tem sido o alicerce de tudo que você faz?

 

  1. Sabedoria espiritual para o viver diário: a segunda marca da maturidade cristã é a expressão da sabedoria do alto para o viver diário. A sabedoria da qual Tiago fala, é uma dádiva de Deus. Ela vem de Deus e não se trata do mero conhecimento intelectual, mas uma virtude, uma qualidade de caráter. Está muito ligada ao discernimento espiritual.

A oração é a chave que abre a porta da sabedoria de Deus. Mas é o Espírito Santo quem nos faz mais sábios e inteligentes no Senhor.

 

  1. Fidelidade ao Senhor: a terceira marca da maturidade cristã é a fé ou lealdade. Deus está observando se somos fiéis ou não em todas as coisas. Quando nós mostramos fiéis nosso coração se torna um campo fértil para a operação do Espirito Santo. O homem de coração dividido é alguém que não ama totalmente ao Senhor e Sua obra. Se na sua vida tudo está errado, talvez a resposta está no seu coração em ser dividido. Sua indefinição indica imaturidade, incoerência em seu compromisso de fidelidade, e isto indica que você não está sendo orientado pelo Senhor.

 

  1. Vivendo como digno da vocação: a quarta marca da maturidade cristã é a dignidade. Tiago diz que o pobre deveria se alegrar em sua dignidade cristã ou caráter. Quanto ao rico, deveria se quebrantar diante do senhor, sabendo que suas riquezas estão sujeitas aos reveses da vida. Portanto o rico e o pobre deveriam lutar pela preservação de uma vida digna da vocação de Deus.

 

Conclusão

O crente maduro dá a glória devida a Deus; Sabe tirar proveito das situações que a vida lhe apresenta e é cheio do Espírito Santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *