Vencendo a ansiedade pela Palavra
6 de setembro de 2020
Como ser um bom discípulo ou mentoreado
6 de setembro de 2020

SANTIDADE A CHAVE PARA VER A DEUS – PARTE 2

 

Princípio Bíblico: “Portanto, digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam os outros gentios, na vaidade do seu pensamento, endurecido o seu entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração.” (Efésios 4:17)

 

Introdução:

Que bom que você aceitou esse convite desafiador de buscar a santidade para ver a Deus. E já que você aceitou, precisamos agora descobrir o que é viver em santidade.

Santidade é o resultado do processo de santificação, no qual vamos aprendendo o que a Palavra diz, o que Deus quer para nós, e vamos tirando da nossa vida tudo o que é contrário aos princípios que Ele estabeleceu para nós.

Não nos tornamos santos do dia para a noite. É necessário, em primeiro lugar, decidir ser santo. Santo quer dizer separado para o Senhor, aquele que busca não se contaminar com as coisas do mundo. E isso é um desafio diário, pois o mundo tem muitas armadilhas que satanás preparou para nós e, sabendo disso, Deus nos deu uma armadura que nos protege da cabeça aos pés, arma poderosa da Sua Palavra e a oração em todo o tempo para estarmos vigilantes.

Então, santificação é um processo, e não acaba nunca pois todos os dias somos tentados e precisamos resistir para manter a santidade em nossa vida.

O apóstolo Paulo sabia disso, pois, ao escrever uma carta aos efésios, alertou-os para não se deixarem influenciar pelos ímpios, por aqueles que não conhecem a Deus. Na carta ao Efésios, no capítulo 4, versículo 17 a 32, Paulo chama a atenção do povo para que não andem mais como andam pessoas, que têm o coração endurecido e são separadas da vida de Deus. Ele os convoca a andar como filhos da luz e no capítulo 5, versículo 1, ele diz: “Sede, pois imitadores de Deus como filhos amados”.

 

Vamos ver, então, como Paulo disse que o povo deveria andar:

 

  1. Deixar a mentira e falar a verdade (v.25)

A mentira é pecado. E nós já vimos isso. Sabemos que o Pai da mentira é o diabo (Jo 8:44) e que os mentirosos não entrarão no reino dos céus, pelo contrário, irão para o lago de fogo e enxofre (Ap 21:8).

Quem é santo não mente, mesmo que a verdade seja dura e lhe traga uma disciplina. Se você tem dificuldade nessa área, diga agora, com firmeza e fé: TODA MENTIRA, BATA EM RETIRADA DA MINHA VIDA, AGORA EM NOME DE JESUS! E esforce-se para falar a verdade, mesmo que seja difícil. Em breve, você verá que essa dificuldade já foi vencida e você alcançou uma grande vitória no seu processo de santificação.

 

  1. Irai-vos e não pequeis. Não se ponha o sol sobre a vossa ira (v.26)

É claro que nem tudo é sempre bom e fácil, do jeitinho que a gente quer. As pessoas não agem sempre de forma boazinha e, muitas vezes, a ira, a raiva toma conta de nós. Paulo diz que o que não podemos é pecar e nem deixar que o dia passe sem resolver o problema, pois se fizermos isso, encheremos o nosso coração de sentimentos ruins, como a amargura, o rancor, o que não é agradável, não é mesmo? Então o que fazer? Não xingue, não bata, não busque a vingança, pois assim você estará pecando.

Se alguém lhe fez algo ruim, procure conversar e falar do seu aborrecimento, chateação, tristeza ou mesmo raiva. Libere perdão e esqueça. Ah! Não é possível conversar? Então ore, coloque nas mãos do Senhor a sua causa e Ele a resolverá, se você crer e descansar n’Ele.

 

Vamos treinar isso durante a semana? Não minta, fale a verdade. E procure não deixar a raiva, a ira encher seu coração. Exercite. Você consegue! Afinal, você é a cara do seu Pai: santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *