Trabalhe pela santidade da Noiva – Parte 01
8 de novembro de 2020
Jesus tem todo o Poder
15 de novembro de 2020

JESUS, O PÃO DA VIDA.
REFLEXÃO

• Qual é sua comida preferida?
• Ao falar em alimento, o que mais lhe chama atenção? Baixas calorias, beleza do prato, cheiro, quantidade, nutrientes, etc.?
• Você se alimenta de forma saudável?

A maioria das pessoas não se alimenta de forma saudável por falta de recursos financeiros ou, simplesmente, por não se importarem com a qualidade do que ingerem, assim buscam apenas satisfazer a vontade de comer algo. O problema é que, com essas atitudes, não se dão conta de que algumas doenças, tais como: diabetes, colesterol, obesidade, etc., estão sendo desenvolvidas no organismo. Sob a perspectiva espiritual, ocorre da mesma maneira, temos comido ou deixado de comer o que pode fazer ou não bem para nossa alma e espírito.

Texto-chave: Jo 6:35 “E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.”
1. Como Jesus se define nesse texto?
2. O que acontece com aqueles que vão até Ele?
3. Que tipo de fome Jesus está se referindo?

Textos complementares: João 6, Êx 16

Essa passagem que acabamos de ler faz parte de uma série de episódios que acontecem após a multiplicação dos 5 pães e 2 peixinhos. Esse capítulo nos conta que após Jesus realizar o milagre, já à tardinha, Ele e seus discípulos dirigiram-se para Cafarnaum e que no dia seguinte, uma grande multidão foi à procura do Senhor, ao encontrá-lO, Ele lhes disse que estavam ali porque comeram o pão que havia sido multiplicado e que estavam saciados.
Jesus os adverte a trabalhar (empenhar – se em obter) pela comida que não perece, mas que permanece para a vida eterna, a qual só Ele poderia dar. ( V. 27).
Logo, segue o questionamento deles sobre o que deveriam fazer para realizarem as obras de Deus.

Até aqui temos duas verdades básicas ditas por Jesus e um anseio da alma humana:
1. Precisamos de um alimento (pão) que não perece, mas que permanece até chegarmos à Vida Eterna;
2. Jesus é o Pão da Vida;
3. O que fazer para realizar as obras de Deus?

A partir daqui, já podemos concluir que: precisamos de alimento para chegar à vida Eterna com Deus, esse alimento é Jesus; e que não é por meio de nada que façamos, mas é por meio do reconhecimento do sacrifício que Ele realizou por nós na Cruz, quando decidiu morrer pelos nossos pecados, ressuscitando ao terceiro dia.
Durante a caminhada pelo deserto, o povo de Israel era alimentado pelo pão que descia dos céus (Êx 16), esse alimento sustentava o físico, lhes dando forças para seguir rumo à terra prometida, mas agora estava sendo apresentado o Verdadeiro Pão que descia dos céus e que dá vida ao mundo (Jo 6:33), Jesus. Muitos podem até se apresentar como salvador, senhor, mas existe apenas um diante do qual todo joelho se dobrará (Rm 14:11), logo, se quisermos achar o alimento que sustente a alma, o espírito e nos leve a uma vida eterna repleta de alegria e paz, precisamos nos alimentar do único Pão que comemos e jamais teremos fome: Cristo.

• Como nos alimentar desse pão segundo Jo 6: 35?

Precisamos IR até Jesus, porque Ele está disposto a nos alimentar do seu amor, da sua graça, bondade, misericórdia, perdão, etc. Ele nos aceita como estamos. Outra ação que devemos ter para com Jesus é CRER, pois não há outra forma de encontrarmos alimento para nossa alma e espirito, somente Jesus pode satisfazer nossos anseios, preencher os vazios e dar-nos a vida eterna.
• Após a decisão de IR e CRER, quais disciplinas espirituais nos possibilitam o alimento diário desse Pão?

CONCLUSÃO
A necessidade humana de alimentar o corpo como forma de sobrevivência é algo fundamental, uma vez que sem os alimentos adequados, nosso corpo entra em fase de inanição. Dessa forma acontece com o nosso espirito e alma que precisam de alimento para viver de forma saudável, a fim de chegarmos à Vida Eterna com Deus, porém o alimento espiritual já foi determinado e enviado por Deus: Jesus Cristo, o Pão da Vida do qual quem se alimentar não voltará a ter fome outra vez. Contudo, como diz a Palavra, para nos alimentarmos dele, precisamos IR a Sua direção e CRERMOS que Ele foi enviado por Deus para nossa Salvação e para nos relacionarmos com o PAI celestial.

APELO
Diante dessa necessidade de alimento para a alma e Espírito, você deseja se alimentar do Pão da Vida, entregando sua vida, alma, espírito e tudo o que lhe diz respeito para que Ele sacie e ainda lhe conceda vida eterna?

Mais
Pra Derlange Guimarães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *