O Espírito que Habita em Nós
março 3, 2019
Derrubando as Muralhas da Alma
março 9, 2019

Sendo Construído por Deus Parte III

SENDO CONSTRUÍDO POR DEUS PARTE 3

 

 

“A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!” (Mateus 6:22-23)

 

Estamos sendo construídos por Deus, para sermos Seus templos vivos na Terra. E, como já vimos, toda construção tem seus materiais específicos, que precisam ser de boa qualidade, para que a construção não caia.

O Senhor nos ensinou, em Filipenses 4:8, sobre quais materiais precisamos para construir uma mente limpa, de excelência.

Nossa mente é o lugar onde nossos pensamentos são formados, o que acreditamos, o que queremos, com o que sonhamos. Portanto, deve ser um lugar extremamente bem cuidado, certo? Não é qualquer coisa que deve entrar nela.

Mas, por onde entram os materiais que vão ficar guardados na minha mente?

Pelos órgãos dos sentidos: visão, audição, tato, paladar e olfato.

Todas as informações que temos, e que estão na nossa mente, que formam o nosso pensamento, entraram em nós por essas portas do nosso corpo.

 

A nossa VISÃO é muito importante. A maior parte das informações que entra na nossa mente vem através dos nossos olhos.

 

Você já parou para ver como seus olhos são formados? Deus caprichou muito nessa parte do nosso corpo. Nosso olho é uma câmera fotográfica muito delicada, e tudo o que entra através dele vai diretamente para o nosso cérebro e se instala na nossa mente.

Faça um rápido teste. Feche seus olhos e pense em uma laranja. A imagem dela, imediatamente, se formou na sua mente, certo? Por quê? Porque você já viu uma laranja e a imagem dela ficou arquivada na sua memória, no seu cérebro.

Jesus disse que os nossos olhos são a luz do nosso corpo. Se eles forem bons, todo o nosso corpo terá luz. Mas se eles forem maus, andaremos em trevas (Mateus 6:22,23).

 

Vamos pensar um pouco: Se a imagem da laranja ficou arquivada na minha memória, o que acontece com as coisas feias, violentas, imorais, que eu vejo? Elas também ficarão arquivadas na minha mente.

Jesus nos ensina que, para a nossa vida ter luz, os olhos precisam ver as coisas boas, as coisas santas. Se o que eu vejo é bom, puro, louvável, santo, meus pensamentos serão bons, puros, louváveis, santos. Lembra de Filipenses 4:8? Mas, e se os meus olhos só veem o mal, a violência, a imoralidade, a feitiçaria? Que tipo de pensamentos essas informações vão produzir? Com certeza, pensamentos maus, violentos, imorais, que não honram a Deus.

 

Jesus curou cegos. E um, em especial, me chamou a atenção. Em Marcos 8:22 a 25, Jesus está em Betsaida, e lhe trouxeram um cego. Jesus usa um método muito diferente para curá-lo: o cuspe. Depois pergunta ao homem o que ele via. Ele responde: vejo homens como árvores que andam. Jesus, então, impõe as mãos sobre ele, de novo, e ele passa a enxergar claramente.

 

O que isso nos diz? Que Jesus não quer que tenhamos uma visão errada, mas que todos nós possamos ver de forma correta.

Ponha as mãos sobre seus olhos e peça ao Senhor que os unja e que lhe ajude a ver de forma correta. Que seus olhos sejam puros, santos, para que sua vida tenha luz.

 

 

Fonte: MIR