Um Encontro Com Jesus
março 16, 2019
Chamados para apascentar – Parte 1
março 16, 2019

Sendo Construído por Deus Parte V

SENDO CONSTRUÍDOS POR DEUS PARTE 5

 

 

“E Jesus, movido de grande compaixão, estendeu a mão, e tocou-o, e disse-lhe: Quero; sê limpo.” (Marcos 10:41)

 

Estamos sendo construídos por Deus, para sermos templos vivos, de grande excelência, nesta Terra.

Já vimos que todos os materiais da nossa construção entram pelos nossos órgãos dos sentidos e são armazenados na nossa mente. Vamos aprender um pouco sobre o sentido do tato.

Ao contrário dos outros sentidos, o tato não se encontra em uma parte específica do nosso corpo. Ele está em toda a nossa pele, que é cheia de receptores, que vão nos levar a identificar as mudanças de temperatura, pressão, dor, texturas. Nossa pele é o maior órgão do nosso corpo. Ela cobre todo o nosso corpo, e é através dela que sentimos o frio, o calor, o macio, o áspero, o gelado, o quente, o toque de carinho ou de violência.

Da mesma forma que as imagens e os sons entram por nossos ouvidos e ficam arquivados na nossa mente, as sensações que sentimos através do tato também ficam arquivadas na nossa mente. Assim, conhecemos o frio e quente, o macio e o áspero, o que é aperto, o que é carinho, o que é palmada.

Você já levou um choque na tomada? O que foi que aconteceu depois disso? Nunca mais voce meteu o dedo na tomada, certo? O choque ficou registrado na sua mente e voce sabe que, se meter o dedo ali de novo vai levar outro choque.

Mas quero conversar com você sobre uma coisa muito importante referente ao tato: ele é o sentido do toque. E o toque é algo muito importante na nossa vida. Um toque pode ser um carinho e pode ser uma agressão. Nossas mãos, assim como podem fazer um carinho em alguém, também podem machucar, bater, ferir.

 

Jesus conhecia a importância de tocar alguém para lhe fazer bem.

Um dia, Jesus encontrou um leproso, que lhe disse que se quisesse poderia limpá-lo daquela doença. Jesus tocou naquele homem e o curou. Um leproso era considerado uma pessoa imunda, não podia estar junto das outras pessoas, era mandado para um lugar fora da cidade, não podia ter contato com sua família, e isso deixava aquelas pessoas muito mais doentes do que já estavam, pois sua alma estava machucada. Jesus conhecia essa dor e poderia ter dito a ele que ficasse curado, mas decidiu tocá-lo, e assim curou não só o seu corpo, mas também a sua alma (Marcos 1:41).

E quando Ele estava para ser preso, e Pedro cortou a orelha do soldado, Jesus só tocou, e sua orelha ficou sarada (Lucas 22).

Um carinho faz muito bem. Mas um tapa traz muita dor, não só no corpo, mas na alma.

Muitas pessoas não sabem fazer um carinho, porque nunca receberam carinho. Não abraçam, não beijam, porque não sabem fazer. Essas atitudes não ficaram registradas na sua memória.

Você sabia que uma criança que não é abraçada não se desenvolve tanto como uma criança que recebe muitos abraços todos os dias?

Você sabia que um abraço pode curar muitas feridas na alma? E até no corpo? Isso é tão sério que foi criado o Dia do Abraço, que é dia 22/05.

 

Vamos exercitar o abraço?

 

 

Fonte: MIR