Deixando Tudo
agosto 21, 2019
Chamados para Vencer o Engano – Parte Final
agosto 22, 2019

Ajudando uns aos Outros

AJUDANDO UNS AOS OUTROS

 

Quebra-gelo:

Pilha de mãos: coloque as crianças sentadas em circulo. A primeira criança põe a mão virada para baixo e a próxima põe a sua mão em cima e diz: “ posso ajudar você”, uma outra põe a mão e diz:”Sê forte e corajoso”, assim também todos devem dizer, alternando as frases. Quando todas tiverem posto uma mão, segue-se com a outra. Uma vez feita à pilha, o primeiro jogador retira a mão do fundo e a coloca por cima. Vai-se aumentando a velocidade. Se um errar sua fala, finaliza-se o jogo.

 

Princípio bíblico: Posso ajudar meu irmão.

As crianças precisam aprender a amar e ajudar os seus irmãos, mesmo fazendo coisas simples, como dar uma palavra de fé para os que estão tristes.

 

Texto:  “ Se forte e corajoso”.(Josué 1: 6)

 

Comentário do texto:

No texto que nós lemos, Moisés tinha caminhado pelo deserto com o povo por muitos anos e então Moisés morreu.

Deus chamou Josué para ficar no lugar de Moisés e levar o povo até Canaã. Josué teria que passar com o povo pelas grandes muralhas de Jericó, lutar contra o povo daquela cidade e vencer. Naquela hora, Deus sabia exatamente o que Josué precisava, então Deus disse: “Sê forte e corajoso!” Estas poucas palavras ajudaram Josué a vencer!

 

Aplicação:  COMO PODEMOS AJUDAR UNS AOS OUTROS?

Falando

Às vezes, nos sentimos tristes e sozinhos. Nestas horas precisamos de irmãos que nos ajudem e nos animem.

Quando falamos o que a Bíblia diz, nós fortalecemos aqueles que estão fracos e eles se tornam fortes de novo, por causa da Palavra de Deus que falamos.

Na verdade, não somos nós que fazemos coisa alguma, mas, é a Palavra de Deus em nossa boca que tem poder.

Quando você vir o seu amiguinho com problemas, fale uma palavra de ânimo para ele, assim como Deus fez com Josué: “Sê forte e corajoso!”

Podemos praticar isso em nossa célula, falando uns aos outros palavras de fé.

 

De acordo com as necessidades:

Devemos ajudar uns aos outros conforme a necessidade de cada um.

Muitas vezes, nossos irmãos precisam mais do que de uma palavra de ânimo. Pode ser que eles estejam precisando de comida, de roupa e até mesmo de dinheiro.

Precisamos aprender a repartir o que temos e ajudar aqueles que precisam.

A Bíblia diz que Deus ama a quem dá com alegria.

Na célula, ninguém deve passar necessidade alguma. Somos uma família e devemos ajudar uns aos outros em amor.

 

Compartilhar

 

Alguém já te ajudou, falando coisas como: “Vai dar certo! Jesus vai fazer! Jesus vai te dar?” (estimule-os a falar)

Alguém já te ajudou, fazendo alguma coisa para você?

Ex: ajudando a estudar para uma prova difícil. Comprando algo que você precisava muito?

 

E VOCE JÁ AJUDOU ALGUEM, FALANDO OU FAZENDO ALGUMA COISA BOA?

 

Curiosidade:

Qual é o animal que tem uma das maiores línguas?

É aquele que tem o maior pescoço!

A girafa é o animal que tem o pescoço mais comprido. Ela não tem dentes na frente, por isso, ela arranca as folhas com a língua, que pode medir quase meio metro de comprimento, uau!!! Que linguão!!!

Quando uma pessoa fala demais dos outros, ela é chamada de linguaruda, ou seja, “língua grande”. Na verdade, a língua da pessoa não é grande, isto apenas significa que ela fala muito. Isso é feio e também é pecado.

Se os animais pudessem falar, a girafa seria mesmo uma linguaruda. A girafa não pode falar, mas, nós podemos, e devemos ter muito cuidado com o que falamos. Devemos falar coisas boas aos nossos irmãos. Fale para o seu coleguinha alguma coisa que a Bíblia nos manda fazer uns aos outros.

Ex: amar uns aos outros, perdoar, falar a palavra de Deus uns aos outros.

 

Atividades

Temos abaixo uma lista de problemas e soluções. Escreva (antes da reunião da sua célula) cada problema em um pedaço de papel de uma cor  e cada solução em um papel de outra cor.

 

Espalhe no chão os pedaços de papel, com a parte escrita para baixo e peça que cada membro da célula escolha um (cada criança poderá ficar com mais um papel).

 

Escolha alguém para começar lendo um dos problemas, quem tiver o papel da solução deve sair do seu lugar e ficar ao lado da criança e dizer “Eu posso te ajudar”, em seguida ler a solução.

 

Todos baterem palmas e quem leu a solução agora pode ler seu problema. E assim segue, o quebra-gelo até tudo ser resolvido.