Chamados para Vencer o Engano – Parte Final
agosto 22, 2019
Vencendo as tentações pela Palavra
agosto 29, 2019

A Cura de um Leproso

A CURA DE UM LEPROSO

 

 

E, descendo Ele do monte, seguiu-o uma grande multidão.
E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra. Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.
Mateus 8:1-4

 

Neste texto podemos observar mais um dos grandes milagres de Jesus: a cura de um homem que era acometido de uma doença terrível – a lepra.

A lepra – do hebraico tsara iath é uma doença maligna de pele (Lev 13:1-14), ao contrário do que vemos hoje, era manifestada também em roupas e construções ( Lev 13:47; 14 – 34). A lepra era considerada uma doença maldita e incurável. Desde o momento em que a pessoa descobria a enfermidade, ela era privada do convívio social, e algumas ações deveriam ser observadas para que todos soubessem do real estado do enfermo Também as vestes do leproso, em quem está a praga, serão rasgadas, e a sua cabeça será descoberta, e cobrirá o lábio superior, e clamará: Imundo, imundo.
Levítico 13:45

Nos versículos citados acima, Jesus, após descer do monte , ao qual ensinava uma grande multidão sedenta de Palavras, de curas e maravilhas, se depara com um leproso.

Vejamos algumas coisas que merecem destaque neste texto:

Aquele homem estava tão marginalizado por causa de sua enfermidade que nem nome ele tinha – quantos de nós já somos conhecidos pelo estado em que nos encontramos? Traficante, adultero, prostituta, pobre, ladrão…

Aquele homem venceu a barreira do preconceito e foi ter com Jesus – aquele homem arriscou a sua própria vida, pois ele, pela Lei não poderia entrar na cidade enquanto não estivesse purificado de sua enfermidade. Segundo rudecruz.com, a distância mínima que um leproso poderia ficar de outra pessoa não poderia ser menor que15m e em dias de ventos fortes a distância caia para 60m.

A forma que ele se aproximou de Jesus fez toda a diferença: e o adorou – adoração vem do grego proskuneo que significa se encurvar e beijar os pés do mestre ( como um cachorro lambe as mãos do seu dono) isso refere-se a um ato de submissão a autoridade de Jesus. Adorar também é reverenciar. Porém para exercer o ato de adorar é necessário abrir o coração para a grandiosidade e para o amor de um Deus que é dono de toda majestade e gloria que se fez carne, habitou entre nós, morreu, mas ressuscitou para que tivéssemos a plena certeza da Salvação Eterna,

Aquele homem sabia que Jesus poderia cura-lo, por isso usa a expressão: se quiseres, podes tornar-me limpo. Ele diante da situação que enfrentara durante todos os anos de sua vida, reconheceu em Jesus a autoridade e o poder para cura –lo, mas também reconhecia que dependia da vontade de Jesus. O mais interessante é que, ao contrário do que pensamos, Deus não tem prazer em nossas mazelas, muitas coisas que enfrentamos é pura consequência do nosso livre arbítrio. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.  Gálatas 6:7

Jesus faz o que ninguém ousaria fazer com aquele homem: tocou – lhe e declarou a sua cura: Quero; sê limpo. Jesus, pelo nível de impureza daquele homem, poderia apenas ter declarado a sua cura, mas Ele fez questão de tocá-lo, para demonstrar seu amor pelos perdidos e rejeitados. O toque também era cura para a alma daquele homem, que pelos Estatutos, não poderia estar em convívio com ninguém, quanto mais ser tocado!

A consequência do romper as barreiras da indiferença, adorar ao Senhor, reconhecer sua autoridade, bem como do toque de Jesus, foi que na mesma hora, aquele homem ficou são.

 

 

Perguntas para reflexão

1 – Em sua vida, o que poderia, hoje ser considerado um problema de difícil resolução?

2 – O que você  seria capaz de fazer para resolve– lo?

3 – Que barreiras, hoje, você enfrentaria para ir ter com Jesus?

 

Aplicação

Em várias passagens bíblicas nos deparamos com Jesus realizando feitos maravilhosos, aquilo que nos parece impossível, para Ele, se torna algo prazeroso e fácil de ser realizado. Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível. Mateus 19:26 . Diante desta afirmação do próprio Jesus, devemos romper todas as barreiras físicas e espirituais para nos achegarmos a Ele, não só a fim de que nossos problemas físicos sejam resolvidos, mas acima de tudo nos garantir paz de espirito, refrigério para a alma e a Salvação Eterna, que só é possível, atraves da submissão de nossas vidas ao Seu senhorio, o que é feito mediante a entrega de nossas vidas a Ele.