Isaque – A concretização de um sonho – Parte final

Fidelidade no Espírito, Alma e Corpo
setembro 25, 2019
Alcançando a Nova Canaã
outubro 1, 2019

Isaque – A concretização de um sonho – Parte final

ISAQUE – A CONCRETIZAÇÃO DE UM SONHO – PARTE FINAL

 

 

 “E o SENHOR visitou a Sara, como tinha dito; e fez o SENHOR a Sara como tinha prometido. E concebeu Sara, e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha falado. E Abraão pôs no filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, o nome de Isaque. E Abraão circuncidou o seu filho Isaque, quando era da idade de oito dias, como Deus lhe tinha ordenado. E era Abraão da idade de cem anos, quando lhe nasceu Isaque seu filho. E disse Sara: Deus me tem feito riso; todo aquele que o ouvir se rirá comigo. Disse mais: Quem diria a Abraão que Sara daria de mamar a filhos? Pois lhe dei um filho na sua velhice. E cresceu o menino, e foi desmamado; então Abraão fez um grande banquete no dia em que Isaque foi desmamado.” (Gênesis 21:1-8)

 

Isaque foi a concretização do sonho de Abraão, o filho da alegria, como vimos no estudo passado. E um dia, quando Abraão estava muito cheio de alegria, Deus veio e pediu Isaque em sacrifício (Gênesis 22:1,2). Vimos também que Abraão teve seus erros na jornada e como foi difícil se desvencilhar de Ló e de Ismael.

Aprendemos com a vida desse grande patriarca, que podemos ter o desejo de gerar Isaque, nos alegrar com o milagre, mas não podemos tê-lo como posse, como propriedade exclusiva.

 

Deus sabe de todas as coisas

Deus sabe de todas as coisas. Inclusive quando Abraão quis dizer a Deus que seu filho poderia ser o damasceno Eliezer, era como se quisesse apenas dar uma ideia a Deus sobre o seu herdeiro, como nós, às vezes, também fazemos. Mas, o Senhor prontamente respondeu que seu herdeiro seria aquele que saísse das entranhas dele e de Sara.

Deus sabe quem são seus filhos. Então, confie em Deus e deixe o Senhor guiá-lo no processo de fazer e formar discípulos. Não se importe se agora você só tem um damasceno Eliezer, continue na direção de Deus, pois Isaque virá.

 

Deus já conhecia Eliezer e sabia que ele era o servo mais velho da casa. Naquele momento, quando ele não foi considerado herdeiro, parecia que havia sido desprezado. Mas, quando olhamos mais para frente (Gênesis 24), vemos Eliezer como a pessoa de maior confiança de Abraão, que estava sempre pronto a substituir o líder e ajudá-lo a resolver as questões difíceis.

 

Naquele tempo, quem procurava esposa para o filho era o pai. Mas, como Abraão não tinha mais condições de fazer isso, chamou a pessoa da sua maior confiança e fez uma aliança. Isso foi tão significativo, e Deus honrou tanto o companheirismo, a submissão e o serviço de Eliezer, que hoje muitos teólogos colocam esse servo como a figura do Espírito Santo, que prepara a Noiva, a Igreja, para o Noivo, Jesus.

 

Esse exemplo de companheirismo entre Abraão e Eliezer nos mostra a relação correta entre discipulador e discípulo. Eliezer era o mordomo e tudo o que Abraão tinha estava confiado a ele.

 

Pessoas certas no discipulado certo

 

As pessoas corretas, no desenvolver correto do discipulado, geram coisas boas e trazem nobreza ao relacionamento. O companheirismo por escolha divina, na relação correta discipulador e discípulos gera modelos divinos na Terra, boas referências. Os discípulos que Deus lhe der foram escolhidos para ter com você intimidade profunda. Colocar a mão debaixo da coxa, como Abraão pediu que Eliezer fizesse, é sinal de intimidade profunda e extrema confiança. Isso é reservado para os filhos, pois esse tipo de toque não é dado para Ló, nem Ismael.

A intimidade é para os filhos e somente eles têm o direito de entrar na nossa intimidade. Deus não quer nenhum líder ermitão, mas alguém que se deixa tocar e tem uma relação sadia. Por isso, encha-se de coragem e rompa com os “Lós” em sua vida.

O nome Ló significa véu, cegueira, obstáculo. Se você tem um Ló, você está com véu, cego e com obstáculo no seu discipulado. O nome Eliezer significa auxiliador, ajudador. É uma figura de parákleto – aquele que está ao lado para ajudar, é alguém que está disposto a obedecer.

 

Para o líder, assim como Ló significa cegueira, Eliezer significa visão, ver pelos olhos de Deus, operar pelo modo de Deus na relação de companheirismo discipulador – discípulo, mestre – aluno.

 

Abraão disse a Eliezer que ele fosse e visse, buscasse uma esposa adequada para seu filho Isaque. Era uma comissão não apenas humana de Abraão, mas uma comissão divina, pois quem estava interessado que Isaque tivesse uma esposa adequada era Deus. E, no momento que Abraão comissiona Eliezer, Deus está dando o aval. Ele se interpõe em aliança e é algo espiritual. Então, Eliezer significa a visão que Deus tem para preparar Sua Igreja.

 

 

 

Fonte: MIR