Tempo de Romper
19 de fevereiro de 2020
Compartilhando nossos testemunhos
19 de fevereiro de 2020

JESUS, MEU MODELO – PARTE 3

 

 

Princípio Bíblico: “E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça diante de Deus e dos homens.” Lucas 2:52

 

Mensagem:

Temos aprendido que Jesus foi criança como você, e que cresceu como você, tendo que aprender todas as coisas normais a qualquer ser humano na terra: falar, andar, correr, ler, escrever etc.

Mas a educação de Jesus foi muito diferente da nossa. Para os judeus, principalmente naquela época, o importante não era a matemática ou a ciência. A base do ensino eram os princípios do Senhor. O importante para a família é que a criança aprendesse a se relacionar com Deus, conhecesse a Sua Palavra e vivesse por ela.

Muito diferente do que ensinam na sua casa, não é verdade? Infelizmente, hoje, o importante é saber ler e escrever corretamente, fazer cálculos matemáticos, conhecer a História e a Geografia, falar inglês etc. A Palavra de Deus não é ensinada e Jesus, algumas vezes, é motivo de piada.

Bem, mas estamos aprendendo a olhar para Jesus como nosso modelo, certo? Então, vamos aprender com Ele! No tempo de Jesus, não tinha televisão, nem cinema, nem livros, nem jogos de vídeo-game, nem celular, nem i-pod… Por isso, a informação era limitada ao que os pais, os rabinos, os sacerdotes, os professores ensinavam. Hoje é bem diferente.

Recebemos informação de todos os lados. Quer ver? Quando você está indo para a Escola, para Igreja, para qualquer lugar, em todas as ruas encontramos placas, cartazes, outdoors, ouvimos os carros de som que passam gritando em alto volume ao nosso lado, ligamos o rádio do carro, vemos as manchetes nos jornais que estão sendo vendidos nas esquinas etc. Quando chegamos em casa, ligamos imediatamente a televisão, o computador ou o aparelho de som.

 

Tudo isso derrama na nossa mente uma montanha de informações, algumas boas e outras más, que formam o conhecimento que está guardado na nossa mente. Em Romanos 12:2, diz que: ”E não vos conformeis com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

O Senhor nos alerta que não podemos deixar a nossa mente, o nosso entendimento ser moldado pelas informações, pelo conhecimento do mundo, mas pela Palavra de Deus. E a Palavra fala de uma coisa que é abominável ao Senhor, mas está sendo usada pelo inferno, pelo mundo, como algo muito interessante, bacana, legal: a feitiçaria, a bruxaria, a magia.

 

Em vários textos, da Palavra (II Crônicas 33:6; Isaías 47:12; Miquéias 5:12; Naum 4:4; Gálatas 5:20; Levítico 20:6; II Reis 23:24; Apocalipse 21:8; 22:15) o Senhor condena todo tipo de feitiçaria, de adivinhação, de mágica, mas o inimigo vem trabalhando, nos últimos tempos, para apresentar essas coisas como se fosse brincadeira, uma coisa divertida, que não faz mal nenhum.

Quero lhe falar, também, de alguns livros e filmes, que mostram vampiros e lobisomens de forma divertida, simpática, romântica, como O CREPÚSCULO, LUA NOVA, ECLIPSE. Você já ouviu dizer que Satanás se apresenta como anjo de luz? O que isso quer dizer? Que ele se apresenta diante de nós como uma coisa bonita, alegre, divertida, legal, que parece que “não tem nada a ver”. É assim que ele vai nos enchendo de conhecimento errado, colocando na nossa mente que o terror, a violência, a bruxaria são coisas normais, e que as coisas de Deus, os princípios de Deus, é que são tolice.

Jesus crescia em sabedoria porque o conhecimento que Ele recebia era bom, era correto, estava dentro dos princípios de Deus.

Pense um pouco: Você acha que os conhecimentos que você tem recebido têm lhe trazido sabedoria? Eles são bons para o seu crescimento? Eles têm ajudado você a conhecer mais a Deus?

 

Vamos fazer uma comparação rápida: Quanto tempo você passa assistindo televisão? E jogando vídeo-game? E conversando com os colegas ou brincando? E na Escola?

 

E quanto tempo você passa com o Senhor, lendo a Bíblia, orando, ou lendo algum livro ou assistindo um filme ou um clip que falem das coisas lindas de Deus?

Se você for sincero, verá que maior parte do seu tempo é gasto em conhecimento que não o faz crescer com Deus. Vamos mudar isso? Antes de assistir alguma coisa, ou de ouvir, ou de brincar, pergunte primeiro a si mesmo se Jesus faria aquilo. Assim, você andará conforme o seu modelo maior: JESUS!

 

 

 

Fonte: montesião.pro.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *