Aproveite os encontros com um discipulador ou mentor
12 de outubro de 2020
Relacionamento x Sociedade O valor da mulher
19 de outubro de 2020

JESUS É A VERDADE!

 

 

Reflexão

  • O que você entende por verdade?
  • Diante de tantas mentiras, como é possível resgatar a verdade?

Texto-chave: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim. (João 14:6).

  • Qual a finalidade de Jesus se intitular A Verdade?

Textos Complementares: Ts 2:3,4, 10,11; Dt. 32:4b; Sl 25:5; Js 24:14; 1 Re 3:6; Sl 15:1,2; 145:18; Sl 100:5; Sl 119:30, 86, 142; Ef 6:14; Sl 91:4b.

 

Introdução:

Jesus se revela como sendo a verdade, pois, primeiramente, era e é necessário entender que não há outro Deus.

Tanto naqueles dias quanto hoje, muitos estavam e estão vivendo em mentiras, injustiças, enganos, más condutas, aparências, buscando uma força divina que preenchesse seu ser, praticando ritos os quais jamais poderiam entender, vivendo doutrinas e ensinamentos fugazes e inverídicos.

Platão, em seu livro A República, diz que a mentira é necessária para que os homens possam conviver, partindo do pressuposto que algumas pessoas não estão preparadas para saber o que se passa na política.

Na psicologia, Freud sustenta que a vida seria insuportável se não mentíssemos, justificando que a mentira serve para criar novas versões, ficções e deturpações da realidade, como meio de fuga às decepções.

Pesquisas afirmam que todo ser humano mente ou pratica a mentira todos os dias, e que algumas pessoas, de tanto mentir, já condicionaram o cérebro para contar uma mentira; é o chamado vício da mentira.

Jesus, ao se revelar a nós, vem combater frontalmente toda forma de mentira, falsidade, desvio da realidade e a necessidade de mentir. Verdade é sinônimo de honestidade e tem tudo a ver com a justiça e bem-estar psíquico, social, espiritual e emocional.

A verdade, por mais que outros digam o contrário, é sempre a saída mais justa. Como é prazeroso trocarmos o peso da mentira pela leveza da verdade! Algumas vezes a verdade poderá parecer confrontante ou causadora de discórdias, todavia isso não passa de aparência, logo a ferida sarará com o bálsamo da verdade.

O Apóstolo Paulo nos adverte na Segunda Carta aos Tessalonicenses 2:3,4: “Ninguém , de maneira alguma, vos engane, porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus, querendo parecer Deus”.

Ora, daí a intenção de Jesus se intitular e ser a própria Verdade, para combater a mentira que já opera nesse mundo, enganando a muitos. O homem da perdição é obra de Satanás, já que este é um anjo caído que se rebelou contra Deus, pois queria ser Deus.  Tudo que tenta ocupar o lugar de Deus, que deve ser o primeiro lugar de nossas vidas, está sob a operação de Satanás, segundo o homem do pecado.

 

Mas como saber o que é mentira?

Como saber se estamos sob a operação da mentira de Satanás?

Só conseguiremos abandonar a mentira e viver na verdade quando:

  1. Aceitarmos Jesus, o Deus Verdadeiro;
  2. Decidirmos parar de mentir para nós mesmos e para as outras pessoas;
  3. Conhecermos e praticarmos a verdade pela Palavra de Deus.

Conclusão:

É chegado um novo tempo em nossas vidas, o tempo de se parecer com Jesus, sendo filhos Ele, porque aquele que pratica a verdade é chamado de filho de Deus, pois se parece com o seu Pai. Deus é a verdade (Dt. 32:4b); a Palavra é a Verdade (Sl 25:5); devemos servir com verdade (Josué 24:14); o benefício da verdade é Governo e Honra (1 Re 3:6; Sl 15:1,2; 145:18); a Verdade é Eterna ( Sl 100:5); a Verdade é uma Escolha (Sl 119:30); a Lei é a Verdade ( Sl 119: 86, 142); a verdade é uma arma poderosa (Ef 6:14; Sl 91:4b).

Apelo:

Jesus é o Deus Verdadeiro, porque somente nEle encontramos tudo de que precisamos para viver as verdades do Reino, pois é Ele quem tem a vida eterna, o amor, a justiça, o sustento, a proteção, a cura, a libertação, etc. Nele está a plenitude da Verdade. Porém cabe a cada um decidir se deseja receber o Verdadeiro Deus e caminhar em verdade, tendo uma vida completamente dedicada e rendida ao Senhor da Verdade. Você aceita essa Verdade reinando absoluto em sua vida?

 

 

MAIS

Por Amanda Amorim Sodré

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *